Homem tem a mania de ser machão e ao mesmo tempo pavão. É decidido quanto quer fazer uma cirurgia plástica e já houve um caso de uma esposa (paciente) que perdeu sua vez de fazer a cirurgia de face, que tanto desejava, para seu marido, que passou à sua frente durante a consulta. Ele tomou o seu lugar, fez o lift cérvico-facial e a sua esposa tornou-se sua enfermeira particular. Há de se dizer que os machões são fabricados pelas mulheres. Cirurgicamente falando são mais dengosos e medrosos durante o período que estão sob cirurgia. Ficam felizes com o resultado, mas receosos das gozações dos amigos, pois nas suas conversas habituais “cirurgia plástica é coisa de mulher”. Verdade também é que estes tabus estão cada vez mais ultrapassados e os homens estão se dando ao luxo de usar e abusar dos benefícios da indústria da beleza, com os cosméticos, moda, tendências e também cirurgia plástica. Afinal de contas a ciência é feita para o seu próprio uso e benefício.

Uma coisa que aflige muito os homens é a perda de cabelo. Aquela história que “é dos carecas que elas gostam mais” não combina muito com a “egovaidade” masculina. A máquina zero para cortar os cabelos passou a ser moda e solução para alguns. Entretanto, estamos vivendo cada vez mais e a cirurgia plástica pode minorar as árduas marcas do tempo.

Tenha uma boa leitura, divirta-se e informe-se sob as cirurgias para melhorar a calvície.



Retrossexual

No fim de 2003, Mark Simpson usou pela primeira vez o termo "retrossexual", com a intenção de definir o homem que gosta de ser macho, de realçar seu lado masculino e de marcar uma oposição ao conceito "metrossexual", que anos antes foi cunhado para definir o homem preocupado com as últimas tendências da moda, com o seu corpo e com tratamentos de beleza.


A palavra "retrossexual" é um anglicismo utilizado para definir um homem com pouco senso estético, que não gasta nem tempo nem dinheiro cuidando da aparência e do seu estilo.

O "retrossexual" possui uma aparência rude, de “canalha”, com toques primitivos, além de um sorriso angelical. Ele se sente orgulhoso de não ir à academia malhar e de não utilizar cremes cosméticos e loção pós-barba. No seu banheiro, basta água e sabonete. E sua curiosidade pelas últimas tendências da moda é nula.

Em seu armário existem peças funcionais, como impecáveis ternos, blusas sociais, gravatas, jeans e camisas. Há também sapatos de cadarço e tênis esportivos. Cinto é o único assessório que os "retrossexuais" se permitem usar.

O homem "retrossexual" resgata o terno, sempre bem cortado e em tons escuros, como peça insubstituível para o trabalho e para eventos sociais.

Por outro lado, ele substituiu as revistas de moda pelas de carro e os catálogos de cosméticos pelos jornais esportivos. Além disso, são amantes dos coquetéis e das bebidas fortes.

Simpson, de 39 anos, explicou que "este novo conceito define um homem feliz por sê-lo". Geralmente, são homens com dinheiro, que vivem numa metrópole ou no campo, têm um alfaiate por toda a vida, adoram jogar bola, discutir política, praticar esportes ao ar livre e casam-se com as mais belas plastificadas.


Metrossexual

O termo "metrossexual", que surgiu em 1996 e vai além do simples narcisismo, é usado para se fazer referência a todo indivíduo que "está perdendo a vergonha de ser vaidoso, de cuidar da aparência".

O termo "metrossexual" (contração de metropolitano com heterossexual) foi usado pela primeira vez em 1994 pelo escritor gay Mark Simpson, no artigo "Lá vêm os homens do espelho", publicado pelo jornal britânico "The Independent". Logo, uma agência de publicidade recuperou o termo com uma pesquisa sobre os hábitos masculinos de consumo. O resto da história é o que estamos presenciando. Portanto, abram-se para os novos tempos! Nem todos precisam ser broncos. Afinal, sempre existirão os inconformados. Que se há de fazer? Deixe que os machões se revirem em suas covas.

TERMINOLOGIAS PROVÁVEIS DE APARECIMENTO
“NU”

FUTURO MUNDO MASCULINO


Cibersexual — Passa os dias conectados à rede, baixando MP3, filmes no Emule e jogando Counter Strike online, ou invadindo intranets. Só pára com o objetivo de assistir Matrix pela 17ª vez. A pele tem uma palidez translúcida, atingida através de um tratamento de raios catódicos e exposição zero ao sol. Não costumam usar desodorantes nem lavar as roupas. Aliás, às vezes esquece do banho.

Hipersexual — Transpira sexo em todos os atos e falas. Não pode ver um rabo de saia. Tem na ponta da língua todas as cantadas manjadas. Usa as roupas da última moda ditada pelas vitrines da C&A, quando sai para a noite. No trabalho, usa qualquer pano velho, até para poder sujar de concreto. De seu escritório, costuma gritar frases de cunho erótico para as transeuntes. Outrora conhecido como pedreiro, ou amante latino. Novos exemplares são os freqüentadores de bailes funk. E ai cachorra! Vai enfrentar o tchutchucão?
Afrodescendentessexual — Toda mulher quer um desses. Mesmo que não admita. Maravilha.
Metassexual — Lê todas as matérias a respeito de sexo na VIP, na Nova e, evidentemente, na Romano. Fala a respeito de sexo todas as vezes que surge a oportunidade, seja lá com quem esteja falando. Pensa em fazer sexo uma boa parte das 24 horas do dia. Só não faz sexo. Nunca. Será?

Panacossexual — Dividem-se em dois grupos: os que criam rótulos para designar qualquer grupo de consumo masculino; e os babacas que os seguem. Em geral trabalham com marketing, publicidade, jornalismo, cinema, política ou no mercado financeiro. Costuma ter dinheiro, mas infelizmente gasta todo ele em novas roupas e acessórios. Só tem uma coisa na cabeça: “shit” ou merda. (Sabrina Fonseca e Fernanda Obregon).


SAIU POR AÍ:


Cirurgia estética vaginal: uma nova moda entre as adeptas da plástica:

Depois da lipoaspiração, das novas técnicas aplicadas no rosto e dos implantes de silicone, a nova moda entre as adeptas da plástica é a cirurgia estética vaginal.

As primeiras pacientes a se submeter a estas cirurgias eram tratadas de incontinência urinária ou complicações derivadas do parto, nada mais que a perineoplastia. Algumas voltavam aos consultórios afirmando que sua vida sexual tinha melhorado consideravelmente.

As operações mais comuns, segundo os médicos, consistem no estreitamento da vagina para aumentar o prazer sexual da mulher, na injeção de gordura nos grandes lábios e na reconstituição do hímen, sobretudo para mulheres que pretendem se casarem virgens.

Apesar de tanto entusiasmo, Leroy Young, vice-presidente do comitê de tendências emergentes da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, advertiu que as cirurgias estéticas vaginais têm riscos. Young advertiu sobre os problemas na convalescença devido a cicatrizações dolorosas, possíveis danos nos nervos que diminuiriam a sensibilidade e até mesmo constrições que poderiam impedir futuras cópulas. E, como em qualquer intervenção cirúrgica, poderiam ocorrer danos em outros órgãos e surgir complicações em função da anestesia.

Estes procedimentos têm lá suas limitações; perineoplastia já é praticada há muito tempo no Brasil, principalmente pelos ginecologistas e cirurgiões gerais, sobretudo naquelas mulheres que tiveram partos múltiplos naturais e naqueles casos de queda de bexiga. Cirurgia do ponto G há muita controvérsia. Diminuição do clitóris para aqueles casos de uso de anabolizantes apresenta risco de perda da sensibilidade e do prazer. O restante o cirurgião plástico brasileiro tem o hábito e sabe fazer e, Nós, Cirurgiões Plásticos da BG estamos pronto à sua disposição para a realização da correção da hipertrofia dos pequenos lábios vaginais.

BG ZODÍACO
Procure o corpo de uma mulher
Período: 21 MAR a 19 ABR
Planeta Regente:Marte
Elemento: Fogo
Qualidade: Cardinal
Pecado Capital: Ira
Signo Complementar: Libra
Oposto Psicológico: Capricórnio
Dia da Semana: Terça-feira


Período: 20 ABR a 20 MAI
Planeta Regente:Vênus
Elemento: Terra
Qualidade: Fixo
Pecado Capital: Luxúria
Signo Complementar: Escorpião
Oposto Psicológico: Sagitário
Dia da Semana: Sexta-feira
BG APRESENTANDO:

A BG apresenta o seu mais novo parceiro e colaborador, o Dr. Henrique Radwanski, cirurgião plástico renomado e com larga experiência na área de IMPLANTE CAPILAR. Clique e veja o seu primeiro artigo: www.bgcirurgiaplástica.com.br

ARTIGO: “ESTADO ATUAL DA CIRURGIA DE TRANSPLANTE CAPILAR”






Os filhotes gêmeos: Helena & Gabriel, do Dr. Henrique com sua esposa Alessandra
GENTE QUE ESTÁ CHEGANDO & FAZ A BG:
NASCERAM

Vinícius filho do Bruno
e neto do Vovô
Roy Jacobson,
amigos muito queridos e
craques da arquitetura.



Guilherme
filho da nossa
anestesista Liliam Sá

 

A todos os nossos melhores desejos de “TUDO DE BOM NESTA VIDA”.
Se você gostou dos assuntos ou queira saber mais sobre outros nos escreva.
Caso não queira mais receber esse informativo, basta responder a esse e-mail com o assunto CANCELAR.

Desenvolvido por Seu Site na Internet