"Vem chegando o verão..."
Marina Lima.
O sol

O astro-rei foi para muitas civilizações um Deus, Rá, fonte de saúde e alegria.
A estação do verão é esperada por todos como o período para diversão, praia, do não querer fazer nada e estar de bem com a vida. É a época da sensualidade do corpo à flor da pele. E aqui no Brasil nem se fala. Ele também faz bem para os ossos, prevenindo contra a osteoporose e ajudando no metabolismo das vitaminas lipossolúveis.

Nós da BG alertamos: tenha moderação e faça o seu verão inteligente, pois, o sol em excesso poderá acarretar doenças sérias como o câncer de pele e sob ponto de vista estético o fotoenvelhecimento precoce.

Conheça mais sobre a BG Cirurgia Plástica e nosso trabalho em nosso site: www.bgcirurgiaplastica.com.br


Dicas da BG para o verão

01. Não se esqueça de usar o protetor solar:

· Use o FPS adequado à sua pele; consulte o especialista.
· Para saber quanto tempo você poderá se expor ao sol com segurança, basta multiplicar o tempo que leva para a sua pele começar a avermelhar pelo número 15.

Exemplo: se a pele começa a tomar a cor avermelhada com 5 minutos de exposição ao sol, então o seu tempo de permanência é de 5X15= 75 minutos, ou seja, 1h e 15m de exposição ao sol. Por mais alto que seja o fator de proteção solar que use, não existe diferença nessa relação.


· Procure passar o FPS um pouco antes de chegar à praia, pois ele leva algum tempo para começar a fazer efeito. Que tal passá-lo em casa? Mas, leve-o consigo para a praia, porque é necessário ser repassado a cada hora. Lembre-se que o banho e a transpiração ajudam a retirar a proteção dada pelo produto.

· Não se esqueça do protetor labial apropriado para esta região. O câncer nos lábios ataca principalmente os homens. Cuidado com as orelhas e as pernas. A incidência de câncer nestas áreas é considerável.

· Não tome banho antes de ir à praia, pelo menos 2 horas antes de se expor, pois a água retira o ácido urocânico da pele, sua proteção natural
.



· Mesmo estando debaixo da sombrinha ou guarda-sol, mantenha o protetor no corpo, pois a areia reflete 70% da radiação. Saiba que mesmo em dias nublados os raios ultravioletas ultrapassam aquelas nuvenzinhas aparentemente protetoras.

· Inspecione sempre a sua pele e veja como estão as manchas claras e escuras. O número de melanócitos diminui 10 a 20% a cada 10 anos, naturalmente havendo redução na sua proteção. Pele com manchas brancas e sardas está nos dando o aviso de que neste local já não há mais melanina. Não insista em tomar sol.

· Com relação ao bronzeamento artificial o melhor é evitar.


02. Hidrate-se bem e faça refeições suaves.

03. Pratique esportes em geral com moderação.


Nada de fórmulas mirabolantes na musculação ou na aeróbica para estar "sarado(a)" rápido demais. Programe-se bem com profissionais e em locais adequados.

04. Se você fez a sua lipo ou qualquer outra cirurgia plástica recentemente, peça ao seu médico autorização de alta para o verão. Se não fez ou na sua visão crítica de si próprio achar que precisa fazer algum procedimento cirúrgico em seu corpo, comece a pensar e programe-se para o próximo verão.

05. Deixe para fazer a sua depilação pelo menos dois ou três dias antes da ida à praia. Isto evitará problemas como irritações, manchas, infecção e coceira.

06. Atenção redobrada com os cabelos. Use produtos de qualidade e com os quais você já esteja acostumada. Atualmente encontramos xampus, hidratantes e condicionadores para todo tipo de cabelo. Procure lavá-los com água morna, pois a atuação do xampu será mais eficiente. Não deve ser quente demais, pois danifica os cabelos. Evite a água fria, pois ela impede que o produto se envolva ao cabelo.

07. Use uma cadeira ou uma toalha para sentar-se na praia. Procure evitar o contato direto com a areia para prevenir-se de doenças de pele como as micoses, infecções, etc.

08. Além do fotoprotetor, não se esqueça dos óculos com lentes de qualidade e um chapéu ou boné.

09. Curta bem o seu corpo, namore bastante e comemore a vida!

CÂNCER DE PELE
  Em nossa experiência médica, desde a residência a pós-graduação em cirurgia plástica, que fizemos no Instituto Nacional de Câncer e na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro respectivamente, observamos que o câncer de pele e mais precisamente o carcinoma basocelular era o câncer mais freqüente na rotina ambulatorial.
leia mais...
PERGUNTAS & RESPOSTAS
  Esclarecimentos básicos, referentes a Cirurgia Plástica e o verão, estão contidos abaixo. Para informações mais detalhadas entre em contato através de e-mail ou telefone, ou acesse o site.

Quais são os cuidados que uma pessoa candidata a uma cirurgia plástica deve ter com relação à exposição solar?

Qualquer pessoa deve atentar para o fato de que a exposição inadequada ao sol pode provocar danos à pele e à saúde, mesmo naqueles que não se submeteram à cirurgia. Portanto deve seguir à risca as orientações do médico. Depois de operado deve evitar expor-se ao sol por um período médio de um mês e dependendo do tipo de cirurgia a que se submeteu, este tempo poderá ser maior e outras orientações se farão necessárias para conforto e melhor recuperação.
O processo de cicatrização sofre prejuízo se o paciente ficar exposto ao sol intenso, causando aumento do edema (inchaço), eritema (vermelhão), dor, desconforto, manchas na pele e pigmentação de cicatrizes. Pacientes submetidos a peelings ou dermoabrasão devem ter cuidado redobrado, pois o risco de complicações aumenta consideravelmente.
Existe alguma contra-indicação de fazer a cirurgia plástica das pálpebras ou do rosto no verão?
Não há contra-indicação. O que há são cuidados a serem seguidos para a devida proteção das áreas operadas, o que deve ser feito em qualquer época do ano. Em países tropicais como o Brasil temos sol quase o ano inteiro e não podemos esquecer que mesmo em países com neve, os cuidados com a pele e exposição à luz solar refletida serão similares.
 
Se você gostou dos assuntos ou queira saber mais sobre outros nos escreva.
Caso não queira mais receber esse informativo, basta responder a esse e-mail com o assunto CANCELAR.