topo

REFLEXÕES


reflexoes

IDADE

idade

O termo idade pode ser relacionado a vários sentidos, mas o que nós queremos nos referir é sobre os períodos de vida do ser humano e a cirurgia plástica. Sob o ponto de vista clínico todas as idades podem ser absorvidas pela especialidade; como as correções de lábio leporino na infância, o tratamento cirúrgico da correção de orelhas em abano na juventude e a partir daí, a coisa começa a esquentar com a estética do corpo; pois os olhos que vêm a si próprio e vêm os outros não conseguem enganar as insatisfações, que culminam com a baixa estima e terminam com uma cirurgia plástica. Simplesmente, porque o ser humano é um eterno insatisfeito consigo próprio. O propósito é a busca da perfeição, da simetria, aliados ao desejo exacerbado de sensualidade e sexualidade, de ser visto e aceito na sociedade das mídias.

Nós da BG, respeitamos a ética do “limite” com observação clínica responsável e criteriosa. Assim, procuramos dar o prumo da indicação de um “desejo estético” e vetamos aquilo que consideramos que não seja prudente.


Viajando pelo www.portaldacirurgiaplastica.com.br


Cirurgia Plástica Passo A Passo

bailarina

A história da cirurgia plástica é dinâmica e com grande cunho social. Procura-se caracterizar a especialidade em dois ramos: Reparadora ou Reconstrutiva e Estética, apesar da grande inter-relação e interdependência. A especialidade fundamenta-se numa hierarquia de valores observados no atendimento ao paciente: preservação da vida, reabilitação da função e aprimoramento estético.

O aforismo que diz: “não há pessoa feia” merece reflexão assim como outro que diz: “a beleza está nos olhos de quem vê”. O meio sócio-cultural e a manipulação da mídia muitas vezes altera os padrões de beleza e os massifica.


=======================================================================


=======================================================================