Neste informativo de março a BG CIRURGIA PLÁSTICA, Unidade Clínico-Cirúrgica, criada desde 1998 pelos cirurgiões plásticos Benedito Vieira e George Soares, trata da utilização de expansores cutâneos em cirurgias reparadoras.

Para conhecer mais sobre o assunto e nosso trabalho acesse o site:

www.bgcirurgiaplastica.com.br

CIRURGIAS REPARADORAS VERSUS EXPANSORES CUTÂNEOS


O trauma causado por uma queimadura em um indivíduo transcende o momento agudo da lesão, não importando qual foi o seu agente causal.A cirurgia plástica dispõe de inúmeros recursos técnicos, de grande valia, para a correção e reparação de tais alterações.
O advento dos expansores cutâneos e seu uso na correção de diversas patologias que necessitem de substituição de uma área de pele ruim por pele adjacente de boa qualidade fizeram das seqüelas de queimadura um campo vasto na sua utilização.

leia mais...

No curso de nossas vidas podemos adquirir cicatrizes as quais não desejamos, mas que na maioria deixarão marcas tão imperceptíveis que não chegam a incomodar. É o caso das cicatrizes de acne que apenas em um percentual pequeno de casos, cuja afecção é mais intensa, deixará cicatrizes inestéticas necessitando correção pelo cirurgião plástico.
O surgimento dos expansores cutâneos veio melhorar o arsenal de recursos técnicos utilizados pelos cirurgiões na área das reparações.

leia mais...
  O que são expansores cutâneos?
  Um expansor é uma pequena bolsa de silicone com uma borrachinha e uma válvula para preenchimento de solução salina. O expansor pode ter formas e volumes os mais variados, para adaptar-se a qualquer área vizinha à deformidade que será corrigida. O cirurgião, pela sua experiência e destreza é que decide a melhor indicação e abordagem para o caso.
  No caso de queimaduras como eles podem ser utilizados?
  Podem necessitar de vários expansores ao mesmo tempo ou da repetição do procedimento; neste caso obedecendo a um intervalo de um ano entre eles. Este intervalo garante melhores resultados e maior aproveitamento da pele nas re-expansões. A experiência do cirurgião é o fator determinante.
  Para quem fez Mastectomia os expansores também ajudam na reparação?
  Nos casos das reconstruções mamárias já existem no mercado expansores específicos para auxiliar no ganho de pele e na reparação. São expansores com dupla câmara, que permitem uma expansão diferenciada e individualizada de sua câmara anterior ou posterior, agindo assim sobre uma ou outra região de uma mesma mama. Assim, os contornos de um seio reconstruído poderão ser determinados primordialmente pela forma do expansor que o caso necessitar.
  Quais outras reparações que os expansores atuam?
  Os expansores são utilizados também na área das reparações em seqüelas de acidentes com perdas teciduais na retirada de hemangiomas, cicatrizes alargadas e até em alguns casos estéticos.
É muito importante, por exemplo, que após a correção do excesso cutâneo nas pálpebras, seja deixado pele suficiente para a paciente abrir e fechar os olhos normalmente; caso contrário poderá prejudicar a visão. Com relação às trações é sempre bom lembrar que muitos pacientes dizem ter medo de “ficar esticados de mais ou com cara de plástica”, daí sempre utilizarmos a boa técnica, com menores trações e rotações adequadas associadas ao tratamento das estruturas que se fizerem necessárias. Tudo de maneira competente e responsável.
Se você gostou dos assuntos ou queira saber mais sobre outros nos escreva.
Caso não queira mais receber esse informativo, basta responder a esse e-mail com o assunto CANCELAR.