MEU BELO CORPO


SOCOOOOOOOORRRRRRRO!!!!!!!!!!!!!
Sou muito feio, às vezes acho que sou um "trosso"; por mais que me esforce não emagreço, todo mundo se espanta; pois sabem que não como muito. Eu sou aquele da família chamado patinho feio, o único feio da prole, o lixo genético ficou todo em mim, nada é interessante em meu corpo; sou gordo, baixo, orelhudo, narigudo, uso óculos fundo de garrafa. Não vejo graça em nada...

Sou jovem, tenho 19 anos e pareço mais velho, porque a minha expressão é sempre carrancuda, séria e triste. Afasto as pessoas, delas sofro todos os tipos de preconceitos, apelidos e até xingamentos. Acho que a minha família tem vergonha de mim, sempre estou excluído das festas e o meu aniversário nunca é lembrado. Sofro por tudo isto, e logo eu que sou muito romântico e sempre quis ser um príncipe sedutor.
Eu estou desesperado; não tenho nem palavras para descrever meu sofrimento, eu só gostaria de viver a vida e mais nada. Só quero ser feliz!
Há muitos anos padeço por ser feio, são anos de humilhações, parece que nada vem sozinho, vivo com dificuldade financeira, pois o mercado de trabalho nos inferioriza por não seguirmos o padrão de beleza.
Por isso solicito sua ajuda, na verdade seu socorro!!!!!!!!!

Obs.: isto não é invenção; acontece com muita gente!


É do conhecimento de todos que o estresse e a ansiedade podem acometer qualquer pessoa, sem que seja considerada doida ou mentalmente fraca. A síndrome do pânico, os transtornos fóbicos e outros, de fato, representam aspectos do psiquismo humano que acabam sempre encontrando uma via de manifestação culturalmente complacente e aceitável. Apesar desses quadros fóbico-ansiosos rotineiros, começam a aparecer em crescente velocidade os problemas decorrentes da obsessão pelo corpo perfeito.

Muitas mulheres já consideram impossível serem felizes com as dobrinhas na barriga quando se sentam; por outro lado os homens se sacrificam em intermináveis e obsessivas horas "puxando ferro" nas academias de musculação, atitude cada vez mais comum entre as mulheres também. Isso sem contar com a comodidade que algumas pessoas gozam por atribuírem a um pequeno excesso de gordura na cintura, a um nariz ligeiramente mais protuso ou a seios menos fartos, toda a responsabilidade pelos fracassos em conquistar o sexo oposto. Parece estar havendo uma locação anatômica da felicidade, ora no seio, ora no nariz, ora na balança.

Os reflexos da submissão da felicidade humana ao corpo perfeito, malhado, esculpido e com músculos bem definidos têm sido a anorexia e a bulimia, mais comum do lado feminino, e a vigorexia, mais comum em homens. Mas, outros reflexos psíquicos não tão patológicos também fazem parte da obsessão pelo corpo, como a privação de contatos sociais, complexos de inferioridade, submissão aos tratamentos milagrosos e onerosos, retraimento no contacto com o sexo oposto, consumo de medicamentos com severos efeitos colaterais, etc.

Ser jovem, ser eternamente jovem, é a principal aspiração existencial de algumas pessoas, atualmente acrescida do ideal de beleza de ser magro, malhado e esbelto. No Brasil, o conceito de beleza está associado a ser jovem, como se fosse impossível encontrar o belo fora da juventude. Talvez por isso nosso país esteja entre os primeiros no ranking da Cirurgia Plástica Rejuvenescedora, além de ser também um voraz consumidor de medicamentos para emagrecer.

:
Há dois ditados populares que dizem: "hoje em dia só é feio quem quer" e "toda mãe coruja acha o seu filho belo" . Não será através da cirurgia plástica que você encontrará todas as soluções para a sua beleza ou para sua vida. A cirurgia plástica propicia maior harmonia corporal e de traços, melhora e até pode transformar algumas características, mas, veja bem: usamos o bisturi, não uma varinha de condão. Para o patinho feio tornar-se um belo cisne é preciso que ele saia de dentro dele e expulse qualquer tipo de sentimento de "coitadinho", cresça espiritualmente e transpareça a todos toda a sua beleza. Se assim não fosse, o que diríamos daquele "pobre coitado mineiro", o "Aleijadinho"? Entendeu???????

SEXO!!!!!!!!!!!



AJUDE-ME Doutor Cirurgião Plástico!!!!!!!!!!!!

Estou tomando medicamento que contém estrogênios, porque desejo desenvolver uma ginecomastia e gosto de usar roupas intimas feminina, faço depilação, e já tive uma só relação sexual com outro homem, gostei muito. Estou decidido a tornar o meu corpo feminino. Soube que se comprimir bem os testículos poderá diminuir ou até mesmo parar a produção de testosterona.


:
Ninguém pode condenar alguém que não quer ser o que é; "ser ou não ser", eis a questão. Muitos indivíduos, homens ou mulheres, sofrem com esse tipo de questionamento em suas vidas. Há uma briga do corpo com a mente, uma desconexão entre como se sentem e como seu corpo se apresenta. Quer dizer, não têm o corpo que gostariam de ter, no caso o corpo do sexo oposto. Muitas pessoas pensam que um cirurgião plástico tem o poder de realizar certas transformações. Não é verdade e não funciona assim. Estas pessoas necessitam de muita informação, apoio psicológico, carinho e um bom tempo de acompanhamento por uma equipe especializada no tratamento e cirurgias do transexualismo, antes de qualquer iniciativa para alcançar seu real intento.
Psicologicamente falando, o bom tratamento poderá ou não chegar às vias de fato, isto é, aquela pessoa atormentada pela não aceitação do seu sexo físico poderá equilibra-se com o seu corpo e ter seus desejos pretendidos de "travestir-se", sem precisar submeter-se a uma intervenção cirúrgica, por vezes até mutilante, mas podendo ser e viver feliz.
No Brasil, apenas os serviços universitários estão autorizados a fazer as cirurgias de mudança de sexo. Há poucos serviços para tal fim; envolve uma equipe multidisciplinar (cirurgiões, psicólogos, psiquiatras e orientação jurídica). Cirurgicamente e anatomicamente falando, transformar um corpo masculino em feminino é menos complexo que o inverso. Entretanto, há uma questão ética bastante complexa e todos os cuidados são tomados para evitarem-se equívocos.

Outra questão grave está relacionada com as tentativas leigas e automedicação. Se você está com estas idéias, pare de fazer esses tipos de tratamentos por conta própria, pois poderá se arrepender no futuro e ter sérias complicações de saúde. Não faça injeções de silicone líquido industrial para aumentar os quadris ou formar seios. Não tome hormônios sem orientação médica especializada, seja você homem ou mulher. Ouça os bons conselhos, pois é para isso que eles servem.


"SOU GORDA, MAS SOU INFELIZ"

A minha barriga é cheia de banha a ponto de descansar os meus braços sobre ela. Sou aquela que chamam de elefante, rolha de poço e tantos mais. Não passo despercebida; não posso me sentar em qualquer lugar, ocupo muito espaço e quando sento percebo que estou envolvida em um pneu de gordura, "uma bóia". Não consigo ter paz para dormir, os roncos são insuportáveis; tenho vários esporões nos calcâneos e os meus joelhos já estão comprometidos.


Ando com as pernas abertas, tenho assadura entre as coxas e muita dificuldade para a higiene no. 2. Já tentei de tudo, dietas, remédios de manipulação, chá disso e daquilo, e tudo que você possa imaginar. Você que está lendo este relato deve estar assustado ou rindo agora. Quanto a mim, só tenho chorado e me isolo. Apesar de está casada, a minha vida sexual não é legal, mesmo com o esforço do meu marido. Não consigo ter libido olhando-me no espelho nua, pois mil coisas passam na minha cabeça sobre o que o meu esposo pensa do meu corpo. Como ter "tesão"? Cheguei até a aceitar comigo mesma que ele procurasse outra mulher, e aí me desespero.

Preciso de informações mais precisas, não sei mais o que fazer. E o pior não tenho recursos. Soube de uma pessoa que fez cirurgia de redução de estômago e falou que depois desta cirurgia à vida dela ficou pior. Ela está magra e infeliz. Come aos pouquinhos e sobrou muita pele. Diz que perdeu a feiúra da gordura, mas agora não tira a roupa na frente de ninguém.
O quê fazer para encontrar a felicidade do meu corpo?


Há algum tempo atrás ser gordo podia ser sinônimo de poder, dinheiro e beleza. Atualmente seu enfoque mudou em decorrência de critérios de saúde, sendo que popularmente é bastante discriminatório. A gordura pode gerar preconceitos em relação à pessoa obesa, por não se encontrar dentro do contexto das medidas perfeitas. Muitos destes indivíduos passaram a ter dificuldade para relacionamentos sociais e afetivos, problemas para encontrar emprego e depressão. Por outro lado, a ingestão excessiva de alimentos desde a infância é bastante estimulada por nossa cultura altamente consumista e pela dificuldade de acompanhamento dos pais aos filhos imposta pelas exigências do trabalho.

A armadilha está no forte apelo cultural feito nas propagandas, na mídia publicitária em geral, para a ingestão excessiva de alimentos supérfluos e rápidos. Não podemos nos esquecer da pressa e o seu perfeito casamento com os "fastfood", "potinhos para bebês" e "biscoitos para crianças".

: Se você está realmente com excesso de peso, saiba que pode causar sérios problemas à sua saúde, além dos transtornos de ordem psicológica e social. Não se automedique nem embarque nos tratamentos "miraculosos". Procure acompanhamento endocrinológico, nutricional e orientação de exercícios físicos para perda de peso. Medicamentos e dietas sem acompanhamento especializado e autodeterminação não adiantarão e, cada vez mais trarão maior frustração.
Não basta chegar ao Doutor cirurgião geral e querer fazer a cirurgia de redução de estômago ou bariátrica no dia seguinte. Há que passar por uma avaliação clínica rigorosa, apoio psicológico, endocrinológico e outros, para verificar se há indicação cirúrgica ou se o tratamento deverá ser clínico. Se você tiver um plano de saúde procure atendimento especializado em cirurgia bariátrica para fazer uma avaliação. Caso contrário, aconselhamos que procure atendimento na rede conveniada do SUS; não será nada fácil; pois a mudança de hábitos na vida é uma das coisas mais difíceis de conseguirmos; porém, totalmente possível.
É verdade que as grandes perdas de peso são seguidas de grandes excessos de pele. Aqui entramos nós os cirurgiões plásticos, que geralmente só começamos a realizar as cirurgias do contorno corporal depois de um período médio de dois anos da cirurgia bariátrica, quando a perda de peso já se efetivou e o estado de saúde do paciente já se estabilizou.
Normalmente estas cirurgias acontecem em várias etapas.
A obesidade deve ser uma preocupação de todos, sociedade e governo; obesidade em alguns países é questão de saúde pública. A obesidade é considerada hoje uma doença crônica, capaz de provocar ou acelerar o desenvolvimento de outras doenças e que concorre para uma morte mais precocemente. A obesidade deve ser prevenida e corrigida, tendo em vista os conhecidos efeitos deletérios sobre a saúde e a qualidade de vida.

O QUE É? E TOME CUIDADO!!!

Anorexia Nervosa: é um transtorno emocional que consiste em uma perda de peso excessiva derivada de um intenso temor da obesidade. Esses sentimentos têm como conseqüência uma serie de condutas anômalas.

Bulimia: é um transtorno mental que se caracteriza por episódios repetidos de ingestão excessiva de alimentos em um curto espaço de tempo seguido por uma preocupação exagerada sobre o controle do peso corporal, preocupação esta que leva a pessoa a adotar condutas inadequadas e perigosas para sua saúde, como por exemplo: o vômito freqüente, uso abusivo de laxantes e diuréticos.

Vigorexia: é um transtorno no qual as pessoas realizam práticas esportivas de forma continua, com uma valorização praticamente religiosa a tal ponto de exigir constantemente seu corpo sem importar com eventuais conseqüências ou contra-indicações, mesmo medicamente orientadas.

Transtorno Dismórfico Corporal:
é definido como um sentimento de feiúra ou defeito físico que o paciente percebe a despeito de sua aparência normal. Se uma ligeira anomalia física está presente, a preocupação do indivíduo é acentuadamente excessiva. A preocupação causa sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social ou ocupacional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo.

clique aqui e saiba mais
BG ZODÍACO
Procure o corpo de uma mulher
Período: 23 SET a 22 OUT
Planeta Regente:: Vênus
Elemento: Ar
Qualidade: Cardinal
Pecado Capital: Luxúria
Signo Complementar: Áries
Oposto Psicológico: Câncer
Dia da Semana: Sexta-Feira

Período: 23 OUT a 21 NOV
Planeta Regente: Plutão e Marte
Elemento: Água
Qualidade: Fixa
Pecado Capital: Ira
Signo Complementar: Touro
Oposto Psicológico: Aquário
Dia da Semana: Terça-Feira

BG FOFURA:
Nós somos amados e felizes.
Faça o mesmo: procure se amar para ser amado e ser feliz para distribuir a felicidade a todos.



Tatati e Xanxaum
Se você gostou dos assuntos ou queira saber mais sobre outros nos escreva.
Caso não queira mais receber esse informativo, basta responder a esse e-mail com o assunto CANCELAR.

Desenvolvido por Seu Site na Internet