A internet é um meio de comunicação que pode informar ou desinformar, segundo a intenção da mídia procurada e a cirurgia plástica não sai por menos. Quem sabe você não queira transformar-se em uma falsa Monalisa!

A desatenta “candidata a Monalisa” entra em determinados sites e lê o que é o mais resumido possível, encanta-se com as promessas milagrosas e parte para o ataque, ou seja: entra no “fale conosco” daquela página e pega o telefone; liga e a primeiríssima coisa que faz quando a secretária atende sua ligação é perguntar quanto custa “tal” cirurgia. A segunda coisa é se precisa pagar a consulta, pois há quem ache que a consulta não é um serviço médico e a tratam como mera avaliação. A terceira é marcar a consulta sem nenhum compromisso de desmarcá-la previamente desrespeitando totalmente o profissional médico. A quarta opção é tentar consultar-se via ligação telefônica. E a quinta é: quero ser a mais nova e vitaminada Monalisa. Tudo um terrível e danoso equívoco na relação médico e paciente.




Falando sério:

A consulta médica é o primeiro passo para a realização da uma cirurgia. Alertamos que a indicação e realização destes procedimentos são prerrogativas do cirurgião plástico com formação profissional comprovada.

Durante a anamnese (entrevista médica) o paciente deve expor suas dúvidas, desejos, insatisfações, medos, anseios e expectativas, que serão respondidas e avaliadas pelo médico. Este, por sua vez, fará o diagnóstico do caso, explicará sua indicação cirúrgica e fornecerá as informações necessárias para o procedimento. É o momento de tirar e questionar todas as dúvidas, portanto aproveite. Durante esta entrevista não omita informações sobre doenças prévias ou hábitos de vida, pois pode prejudicar a avaliação médica. Seja transparente, coerente e sincero com você mesmo.

É importantíssimo que quem procura uma cirurgia plástica deve conhecer pessoalmente o médico que irá realizá-la, para que se estabeleça uma relação de confiança. Seu médico é que irá orientar seu tratamento, é quem conhecerá você melhor e que montará o quebra cabeças de seus sintomas e queixas.




Cuidado com os desejos: Quero ser a Monalisa!!!
Mais uma vez alertamos que cirurgia plástica não deve ser tratada da mesma forma que se vai à compra de um vestido ou ao salão de beleza. É medicina e uma especialidade séria. O especialista poderá vetar um procedimento cirúrgico se o paciente não se mostrar coeso no seu desejo ou se concluir inapropriado ao caso, segundo sua convicções.

E, tire o seu cavalinho da chuva, pois transformar-se em uma Monalisa é missão impossível.

Dê uma chegadinha lá!



www.portaldacirurgiaplastica.com.br

E desenvolva mais este assunto. Você poderá encontrar uma boa leitura e informação no PORTAL da BG na página passo-a-passo.

=======================================================================