Considerada o berço da humanidade - teses indicam que a espécie "homo" tenha surgido no continente africano há 1,8 milhões de anos (Homo rudolfensis) - a África em sua história recente vive inúmeros conflitos políticos e uma grave crise social e econômica. O continente africano possui uma das maiores diversidades culturais do planeta. O terceiro maior continente da terra, situado entre os Trópicos de Câncer e de Capricórnio possui uma extensão de cerca de 30 milhões de km² e mais de 800 milhões de habitantes em 54 países, a África é freqüentemente dividida em cinco regiões de acordo com características geográficas e demográficas: a África Oriental, África Ocidental, África Setentrional, África Central e África Meridional. Fora toda esta retórica, é um continente cujo povo tem muito em comum com o do nosso país e deve ser entendido e respeitado em todos os sentidos.


GENTE DE COR



A tendência à formação de quelóide não é exclusividade de pessoas de pele negra. Estudos revelam que os negros, os mulatos, os judeus e alguns grupos de países nórdicos também apresentam esta predisposição. É bem verdade que todo cirurgião deve estar atento e informar seus pacientes sobre essa possibilidade real, assim como deve tomar todas as medidas de prevenção antes, durante e após a cirurgia. O surgimento de um quelóide pode ter áreas de maior predisposição em um mesmo indivíduo; como exemplos, o tórax, onde se situam as mamas e os ombros. Todos estes dados são calculados para orientar nossa conduta. Em casos como o seu, opta-se por fazer o tratamento preventivo durante e após a cirurgia. Primeiramente através de uma boa técnica cirúrgica e suturas com mínima tensão e no pós-operatório imediato, logo nas primeiras 24 a 48 horas quando encaminhamos para um especialista em radioterapia a fim de fazer o planejamento e aplicação de radioterapia superficial somente sobre as incisões cirúrgicas. Existem outras formas de tratamento preventivo que são avaliadas conforme o caso. Todas, porém, não garantem completamente que não venha desenvolver um quelóide em 100% dos casos.




Sou cantor, negro e faço parte de um grupo étnico. Tenho vontade de fazer uma cirurgia plástica no meu nariz. É coisa minha, mas tenho receio de fazer a cirurgia, porque uma vez comentando este desejo com amigos fui taxado de Michael Jackson Branquelo e, que deveria valorizar a minha negritude. Para mim isso é bobagem; mas não quero um nariz de branquelo como falaram os meus amigos. Os senhores poderiam me orientar?

Cirurgicamente falando a rinoplastia estética é um procedimento que visa principalmente harmonizar o nariz com o rosto do paciente. Isto quer dizer que devemos preservar seus traços, ainda que as mudanças solicitadas sejam grandes. A diversidade da raça humana é traduzida pela sua anatomia, cor, cultura, etc. e determina diferenças e individualidade. Pelo que entendemos você deseja melhorar o seu nariz, mas é importante conversar e avaliar juntos com o paciente sobre aquilo que mais o incomoda, para se planejar corretamente a cirurgia e preservar sua identidade.

A cirurgia do nariz é a mais complexa e artesanal dentre as cirurgias estéticas. A técnica se baseia em conceitos conservadores em relação à função respiratória e anatomia através da retirada de parte das estruturas nasais em excesso ou de adição de enxertos para completar aquilo que falta; por exemplo: o dorso do nariz de uma pessoa negra habitualmente é baixo, deste modo um enxerto de cartilagem seria colocado nesta região para definir melhor o nariz; já as narinas são comumente hipertróficas e, para corrigi-las poderá ser necessário ressecá-las aquilo que está em excesso e de maneira simétrica.
São estudos matemáticos e geométricos traduzidos pelas mãos de um cirurgião plástico habilidoso, uma vez que o nariz assemelha-se a uma pirâmide e possui vários ângulos, com variações diferentes entre os sexos e as raças.

Com relação à opinião dos seus amigos pensamos que a resposta é simples: é preciso ser democrático; todos podem opinar da forma que desejarem. Contudo, deve-se respeitar o direito de cada um e sua decisão é a que deverá prevalecer com relação ao seu corpo, seu bem estar pessoal e auto-estima. A questão política de "ser ou não ser", devido isto ou aquilo, cabe apenas a você refletir e concluir.

BG COMENTÁRIO

O nosso comentário é simples: a cirurgia plástica tem um vasto campo de conhecimento médico relacionado aos estudos de suas técnicas e aplicações. Está disponível a todos, independentemente da idade, cor ou sexo. Nós cirurgiões plásticos de formação comprovada estamos aptos a avaliar individualmente as possibilidades, limitações e riscos, de acordo com o desejo cirúrgico demonstrado por quem nos procura, conscientes de que a melhor cirurgia é a que traz benefício e satisfação ao nosso paciente.

DICA: Entre no nosso site: www.bgcirurgiaplastica.com.br ou www.bgcp.com.br e e informe-se mais sobre o assunto em Cirurgia Plástica do Nariz. Procedimento Cirúrgico: Nariz, Vale apenas ter Cicatriz.



Dimitri Chiparus:
África: Ela, Cleópatra, a rainha mais famosa do Antigo Egito. Dizem que não era bonita, então coube a tantos entre os quais Chiparus embelezar este mito.


Cleópatra
Se você gostou dos assuntos ou queira saber mais sobre outros nos escreva.
Caso não queira mais receber esse informativo, basta responder a esse e-mail com o assunto CANCELAR.

Desenvolvido por Seu Site na Internet